A história do Grupo Wheaton Brasil inicia-se em 1888 com a fundação da empresa T. C. Wheaton na cidade de Millville, estado de New Jersey, nos Estados Unidos.
Em 1952, após 64 anos de sua fundação, e com muitas experiências acumuladas, a Wheaton Brasil é fundada em São Paulo, e é pioneira ao colocar no mercado, em 1953, o primeiro frasco de penicilina fabricado numa máquina I.S. de 4 seções e dupla gota. No mesmo ano, a Wheaton Brasil passa a fabricar frascos que, além do mercado farmacêutico, também atendem a indústria de perfumaria e cosméticos.
Em 1962, a empresa transfere sua unidade fabril para São Bernardo do Campo, São Paulo, introduzindo sua primeira linha de frascos para a indústria alimentícia.
Na década de 70, a produção dos frascos teve um grande impulso. Ampliou consideravelmente suas instalações, chegando à capacidade diária de 200 toneladas/dia, com utilização de máquinas de quádrupla gota, extraindo vidro nas cores opalino, azul cobalto, cognac e verde.

Em novembro de 1976, a Wheaton Brasil produz o primeiro copo prensado, marcando a criação da divisão de Utilidades Domésticas, com artigos para casa. Nos anos 80, com a reconstrução e modernização de seus fornos, o parque industrial é ampliado para atender ao crescimento desta linha e do mercado de perfumaria e cosméticos.
Na década de 90, a Wheaton Brasil introduz as primeiras máquinas com comando eletrônico, embalagem paletizada e termo-encolhida, forno de fusão de combustão a oxi-gás e monitoramento computadorizado e vidro colorido pelo sistema color feeder, bem como formaliza os programas de qualidade. No final da década, a unidade administrativa de São Paulo é transferida para o parque fabril de São Bernardo do Campo.